MULHER. MISTÉRIO REVELADO.

10/07/2015 10:14

Introdução:

É um Mistério que todo varão quer descobrir. Escondida trás o véu da religião, e da moral, ou exposta provocativamente na televisão, contornada de sensualidade. Resplende nas novelas como objeto, e na política como o trago amargo das festas de licores extravagantes dos mercenários do Poder.

Aparece tênue nas lideranças da fé, como indigna diante Deus, e desencarnada na Mídia interesseira e malversadora dos princípios e as leis morais naturais.

Mistério este tão imaginativo, que outras mulheres gostariam explorar, enquanto alguns homens divagam pelos ideais perversos, construindo céus etéreos com elas, como objetos de prazer eterno.

Mistério para a psicologia, que, desde Freud até o último dos “inventores” de correntes de interpretação da pessoa humana ensimesmados em suas ludibriantes filosofias acerca da Criação Divina, recriam a Queda no Éden, dando as costas para a mulher, e abandonando-a favorável à fúria do Maligno.

Realidade que provoca, enlouquece, confunde, prende ao homem, o envia para os mais profundos poços de depressão e auto-abandono, e em alguns casos, os leva a “matar por amor” a elas, ou a eles mesmo.

Realidade insondável. Impossível perscrutar uma pessoa humana que por vezes parece Diabo, mas que na maioria das vezes é Deus na Terra, anjo voando a toda hora em todo lugar, e nos cercando e amando até quando os traumas da vida nos fazem durões e irremediavelmente perversos.

Realidade que na política não podem ignorar, porque quando se movem, não precisam se organizar, nem de sindicatos para se fazerem sentir. Que os cintos varonis dominantes se soltem, ou reajam atrofiando a respiração normal deles, quando os ajustam para contra-atacar!

Realidade que na religião obriga os “santos” a pecarem, e a pecadores se santificarem, por elas. Estranha e bendita contradição de valores transtornam teologias e à própria sociologia, e que resulta em abusos e sublimações inconsistentes e maus tratos aberrantes.

Eis a minha trama filosofal. Desentranhes amorosos de um homem com coração “de mulher” (imaginativamente existente), e peito de macho para dizer verdades que muitos homens não gostam de ouvir; e outras para elas.

Para tanto, esta Obra demonstrará que:

A Bíblia não é machista nem preconceituosa nem intolerante;

Deus é Espírito e Vida: Masculino-Feminino em uma só personalidade assexuada, por tanto, não podemos comparar o infinito e eterno, incorpóreo e imanente com os limites da sexualidade humana, seja procurando fazê-lo concordante conosco, ou seja atribuindo a Ele os nossos ismos discriminativos e preconceituosos.

Todo o Antigo Testamente, em especial, retrata o machismo humano, e a paciência e o amor de quem planejara a igualdade, a complementaridade e a plenitude humana, Deus.  

—————

Voltar


Categorias


Contato

VIDA e VERDADE

Figueira 918, Santa Rita 1
Londrina
86.072.160


43-9841-8353


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!